__________________________________________________________________________________________________________________
09/06/2020 – 12h44 – por Amanda Netto

Ao que parece a frase de Alvin Toffeler, sociologista, futurista e escritor, se enquadra perfeitamente em nosso novo cenário: o novo normal!

“Os analfabetos do século 21, não são aqueles que não sabem ler e escrever, mas são aqueles que não sabem: Aprender, Desaprender e Reaprender”.

O mundo corporativo, de um dia para o outro, teve que aprender a lidar com o trabalho a distância: home office.

Os funcionários tiveram que desaprender a trabalhar nas empresas.

As famílias tiveram que aprender a conviver em tempo integral com marido, esposa, filhos ou sozinhos e sem as escolas.

As escolas tiveram que aprender a lidar com as aulas a distância, os alunos a desaprender a lidar com o convívio diário com os colegas.

Aprendemos e desaprendemos um universo incomensurável de situações e de padrões de comportamento.

Em breve, teremos que reaprender tudo, se não quisermos voltar a ser os analfabetos do século 21 como colocado por Toffeler.

Dentro do nosso “reaprendizado” nos depararemos com um conflito, talvez nunca vivido, simplesmente porque enfrentaremos uma dicotomia onde cada um trará sua parte já vivida, mas que em dado momento o mundo os fez desaprender e outra parte do que está por vir, e sim, enfrentaremos e conviveremos em um mesmo local com quem não aprendeu ou desaprendeu coisa alguma.

Então devemos esquecer o que aprendemos um dia?

Não…isso não vai acontecer. O que vai acontecer é que teremos que REAPRENDER!

Reaprender a conduzir um negócio, uma empresa, a tecnologia, os processos e as pessoas nesse novo cenário!